Terrenos de igrejas poderão ser vendidos diretamente

IMG_0316Deputada Sandra Faraj com apoio de outros deputados consegue aprovar texto que prevê vendas dos terrenos para as entidades sem fins lucrativos com valores de 2006

O plenário da Câmara Legislativa do DF aprovou, em primeiro turno, o Projeto de Lei Complementar nº54/2015, que regulariza os templos religiosos e assistências sociais, a partir da venda direta para as instituições religiosas. O texto diz que os valores para venda dos imóveis serão estabelecidos com bases nos valores praticados em 2006, sem correção monetária.

“Não se trata de especuladores imobiliários, são instituições sem fins lucrativos, que farão a diferença na sociedade. O governo está apenas fazendo justiça”, avaliou a deputada Sandra Faraj, que relatou o projeto na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e ajudou no quórum de aprovação.

Para a distrital, as instituições beneficiárias são verdadeiras aliadas do Governo. “Realizam um trabalho social fundamental, recuperando dependentes químicos, auxiliando famílias carentes, atuando de maneira efetiva. Muitas vezes, elas fazem aquilo que o poder público não consegue realizar”, completou.

Veja Também

Participe Comentando

' .