Sandra Faraj faz apelo ao governador pela regularização das igrejas

 

unnamed (4)unnamed (2)

Em reunião realizada nesta manhã de quinta-feira (13/03), na Residência oficial de Águas Claras, a deputada Sandra Faraj fez um apelo ao governador Rodrigo Rollemberg para acelerar e priorizar o processo de regularização das igrejas e templos do Distrito Federal.

“Mais de 40% da população do DF comunga da fé cristã. Não podemos fechar os olhos para essa comunidade”, afirmou a parlamentar. Ela ainda destacou o papel social importante que elas desempenham. “As igrejas realizam um trabalho fundamental para a sociedade, como recuperação de dependentes químicos, auxílio às famílias com doação de alimentos, além de contribuir para a diminuição da criminalidade nas regiões. A igreja é um braço construtor e ajudador da comunidade e ela pode auxiliar o governo no crescimento do DF. É uma força positiva que tem um papel importante na formação de caráter do individuo”.

A parlamentar fez três apelos emergenciais. O primeiro foi a prorrogação do prazo de fiscalização da Agefis para retirada de igrejas não regularizadas, que hoje é 1° de abril. Para ela, é fundamental estender o prazo até que o governo tome medidas concretas no processo de regularização. “Precisamos também que o governo se empenhe junto as Administrações Regionais para estabelecer cronograma e orientações para a liberação do Habite-se. Temos de criar licenças diferenciadas que ofereçam toda a segurança para a população, mas que facilite o processo de liberação de alvarás”, afirmou. Para ela, a licença do Corpo de Bombeiro seria suficiente para concessão da licença temporária.

O terceiro pedido foi para que o governo atualize as leis de regularização dos templos religiosos, incluindo as igrejas criadas até 2014.

O GDF anunciou a regularização de duas igrejas e outras 405 devem ser, até o final deste ano. A Comunidade Evangélica e igreja Jesus Vive, ambas localizadas na 915 Sul. Outras 1.280, criadas anterior a 2006, estão em processo de regularização. 

Durante a reunião o governador Rodrigo Rollemberg afirmou que vai criar um Comitê de Regularização dos templos religiosos com a participação das Secretaria de Relações Institucionais, Terracap, Procuradoria do DF e Agefis para dar celeridade ao processo. Os pedidos da deputada Sandra Faraj também serão avaliados por esse Comitê.

Veja Também

Participe Comentando

' .