Sandra Faraj é palestrante no 8º Fórum da Mulher Contabilista

IMG_0540Mulher eleita para Câmara Legislativa com maior número de votos, parlamentar fala sobre a necessidade de criar metas, planejar e lutar sempre por um futuro melhor   

Desafios e Oportunidades na Política. Esse foi o tema da palestra ministrada pela deputada Sandra Faraj (Solidariedade) no 8º Fórum da Mulher Contabilista, realizada nesta terça-feira (08/03), Dia Internacional da Mulher. Durante o evento, que aconteceu na sede do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), a parlamentar comentou as dificuldades e, também, a versatilidade da mulher brasileira para enfrentar no seu dia a dia o peso do preconceito.

“Já avançamos muito, mas precisamos de mais espaço. A sociedade ainda tem um débito muito grande com as mulheres. Precisamos de políticas públicas fortes e efetivas para dar as mulheres ainda mais coragem de lutar por um futuro melhor”, disse. Na ocasião, Sandra fez um balanço da atuação dela em prol da população feminina.

“Um dos projetos que apresentei em 2015, garante às mulheres 30% dos cargos públicos em comissão ou livre provimento. Temos de dar oportunidade para que elas sejam encorajadas para entrar na vida política”, avaliou. Para Sandra Faraj, os poderes (judiciário, executivo e legislativo) precisam de mais mulheres para representar essa parcela significativa da sociedade.

“Somos a maioria da população e ainda ganhamos menos que os homens, temos menos espaço no mercado de trabalho e temos poucas representantes nas esferas públicas. Essa realidade tem de mudar”, avaliou.

 

Conheça os projetos da deputada Sandra Faraj que valorizam as mulheres DF:

– PELO Nº9/2015 – Projeto de Emenda à Lei Orgânica que destina 30% dos cargos públicos de livre comissão e de livre nomeação para as mulheres;

– PL Nº 334/2015 – Projeto de Lei que garante um banco de empregos para mulheres vítimas de violência doméstica;

– PL 340/2015 – Projeto de Lei de veda concessão de incentivo fiscal e financiamento, celebração de contrato administrativo e participação em licitações de pessoas de direito privado ou pessoa física que utilize práticas discriminatória entre homens e mulheres no trabalho;

– PL 604/2015 – Projeto de Lei que estabelece diretrizes para a política de atendimento às mulheres com problema de vício, especialmente alcoólatras e com problemas de drogas.

– PL 619/2015 – Projeto de lei que estabelece diretrizes para política de assistência aos filhos de mulheres detentas

 

Veja Também

Participe Comentando

' .