Família como tema transversal nas escolas do DF

Projeto de Lei da deputada Sandra Faraj passa na CCJ e segue para ordem do dia. Proposta quer estimular direitos e deveres constitucionais da família

O Projeto de Lei nº137/2015, que institui valores da ordem familiar como conteúdo transversal nos currículos da rede pública de ensino, foi aprovado nessa terça-feira (19/04) pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Legislativa. Autora da proposta, deputada Sandra Faraj justificou no texto que o objetivo é “promover um contexto de atenção multidisciplinar com participação, diálogo e escuta cotidiana das famílias, o respeito e a valorização de suas formas de organização”.

A parlamentar ainda afirmou que atualmente há um grande preconceito com quem defende esse tema. “Nossa sociedade tem de mudar. Hoje quando falamos e defendemos a família, em algumas vezes, parece que estamos falando de algum crime. Isso não pode acontecer. A família é a instituição mais importante da sociedade e deve ser fortalecida”.

Para Sandra Faraj, políticas voltadas ao fortalecimento dos vínculos familiares são fundamentais para combater a criminalidade e a drogadição. “Muitos problemas sociais, que existem hoje são motivados pela ausência de valores. Vemos jovens, que seguem as drogas porque valores familiares não existem”, avaliou.

O PL nº137/2015 segue para a ordem do dia e deve aguardar apreciação do plenário para depois seguir à sanção do governador Rollemberg.

Veja Também

Participe Comentando

' .