Banco de Emprego para vítimas de violência doméstica

85b62d4a27ea43297eb1ab349b6e06c6_XL

Câmara Legislativa aprova projeto da deputada Sandra Faraj para amparar mulheres em situação de vulnerabilidade Banco de Emprego para vítimas de violência doméstica | Sandra Faraj – Deputada Distrital

Na tarde desta terça-feira (7/11), o plenário da Câmara Legislativa aprovou projeto de lei nº 334/2015, proposto pela deputada Sandra Faraj, que cria um banco de empregos exclusivamente voltado às mulheres vítimas de violência.  O objetivo da proposta é ajudar a mulher  na conquista de independência financeira.

“Muitas mulheres permanecem sob agressão por medo e porque estabeleceram uma relação de dependência psicológica e financeira, que as impede até mesmo de denunciar o crime. A proposta da criação do banco de empregos é garantir a inclusão e a reinserção social delas no mercado de trabalho”, pontua a distrital.

Segundo Sandra Faraj, o banco de empregos surge como um importante instrumento que vai ajudar muitas mulheres a sair da situação de violência e permitirá que elas reconstruam suas vidas por meio do trabalho.  Os critérios para utilização do banco de empregos serão definidos após regulamentação do Poder Executivo, junto aos órgãos de trabalho e desenvolvimento social.

A proposta segue agora para sanção do Governo do Distrito Federal.

Veja Também

Participe Comentando


*

' .