Nota à Imprensa

A Mesa Diretora decidiu encaminhar a decisão para a Corregedoria, pois entendem que apenas lá é possível uma avaliação criteriosa da minha defesa.

Tenho confiança de que todos os fatos serão esclarecidos e os verdadeiros culpados responderão por seus atos. Somos alvo da atuação arquitetada de uma quadrilha. O único documento que o denunciante tem contra mim, era exatamente o comprovante de quitação que paguei pelos serviços, além de uma nota fiscal falsa que ELE mesmo EMITIU!

No entanto, entendo e respeito o posicionamento da Mesa Diretora da Câmara principalmente num momento como o atual. Estou convicta que a justiça será feita e que serei inocentada.

Sandra Faraj

Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Print this page

Veja Também

CCJ aprova Dia Distrital da Agroecologia

CCJ aprova Dia Distrital da Agroecologia

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Legislativa aprovou nesta terça-feira (25/04) o Projeto de Lei nº643/2015, de autoria da...

Publicado em 25/04/2017
Semana da Cultura e Música Gospel

Semana da Cultura e Música Gospel

Deputada Sandra Faraj apresenta proposta para valorizar e ampliar divulgação do conhecimento cristão  Sete dias em destaque no calendário oficial...

Publicado em 30/03/2017

Participe Comentando


*

' .